top of page
  • Foto do escritorBe Value

POR QUE TEMOS QUE MEDIR DESFECHO CLÍNICO DO PACIENTE?


Um dos grandes erros que cometemos na saúde, segundo o professor Michael Porter, é que não medimos as informações que realmente importam, não medimos desfechos clínicos em um padrão que realmente gere valor em saúde. Eu vou pontuar para vocês quais os problemas que temos hoje na saúde, em virtude da ausência de mensuração destas informações de forma correta.



1. DESCONHECIMENTO DOS PRESTADORES SOBRE QUALIDADE REAL DOS SERVIÇOS OFERECIDOS


Um dos problemas é o desconhecimento dos prestadores sobre a qualidade real dos serviços prestados. Imagine um paciente infartado que foi tratado, recebeu alta e foi a óbito alguns dias após a alta. Se não medirmos o desfecho clínico do paciente utilizando uma estratégia de valor em saúde, não teremos conhecimento sobre este dado e não pensaremos em possíveis causas e pontos de melhorias que efetivamente irão gerar valor. Além disso, o prestador não consegue se comparar com outros serviços, ponto fundamental para acelerar a entrega de valor para o paciente.



2. SERVIÇOS DE SAÚDE PASSAM A SER TRATADOS COMO COMMODITIES


Um outro problema, é que serviços de saúde passam a ser tratados como commodities. Muitos prestadores e profissionais reclamam que as fontes pagadoras não percebem quando o serviço é diferenciado e de maior qualidade e não remuneram à altura. E é verdade! Sem informações sobre resultados, as fontes pagadoras não conseguem enxergar de forma clara e objetiva quem entrega mais qualidade, e acaba tratando todos os serviços iguais, como se fossem commodities.



3. IMPOSSIBILIDADE DE LIBERDADE DE ESCOLHA PELO PACIENTE


E um terceiro problema que a falta de informação ocasiona, é que desta forma, estamos privando o paciente da liberdade de escolha. Sem a mensuração das informações realmente relevantes, o paciente não sabe qual o melhor hospital ou melhor profissional para o problema de saúde que ele quer resolver. Com isso, perpetuam-se serviços ineficientes no sistema de saúde.


Bom, espero que tenha ficado mais claro por que devemos medir os desfechos clínicos para melhorar a entrega de valor ao paciente.


Para ter acesso a mais conteúdo sobre gestão e valor em saúde, siga a Be Value nas redes sociais:




86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page