top of page
  • Foto do escritorBe Value

VALOR EM SAÚDE: O QUE O MÉDICO PRECISA SABER?




Os médicos trabalham dia a dia com a entrega de valor ao paciente, mas muitas vezes não conhecem a metodologia desenvolvida por professores da Harvard Business School para melhorar a entrega de valor aos paciente, por isso vou explicar alguns pontos interessantes que o médico deve saber de forma bem resumida.


1. O CONCEITO DE VALOR EM SAÚDE

Valor em saúde, segundo os professores da Harvard Business School que desenvolveram o modelo, é uma relação entre resultados clínicos e custo, ou seja quanto melhor o resultado clínico e menor custo, melhor a entrega de valor ao paciente.

O que é importante de os médicos entenderem, é que não estamos falando de qualquer resultado clínico. Para gerar valor, temos que medir resultados que realmente importam para o paciente.

Parece óbvio, mas não é. Por isso, vou explicar no segundo tópico qual o motivo


2. O MOTIVO DE O CONCEITO ESTÁ SENDO TÃO DIFUNDIDO

A principal razão deste modelo estar sendo tão difundido e implementado no mundo inteiro é porque nós não entregamos valor da forma que deveríamos.

Em outros setores da economia, os produtos vão ficando melhores e mais acessíveis com o tempo (posso dar exemplo dos telefones celulares que hoje tem muitas funcionalidades e um acesso maior a população do que há 20 anos atrás). Na saúde isso não acontece por uma série de erros que cometemos.

Um dos erros, é não medirmos os resultados que realmente importam para o paciente


3. BENEFÍCIOS DE APLICAR O MODELO

Instituições de saúde em diversos países do mundo estão tendo diferentes benefícios com a implantação do modelo. Entre eles, posso citar, melhora dos resultados clínicos, redução de custos, saber objetivamente como está a entrega de qualidade do serviço, aumento do número de pacientes, entre outros..

Um grande case de sucesso, a Martini Klinik, devido aos ótimos resultados clínicos que alcançou, se tornou , em 8 anos, o maior programa de cirurgia de próstata do mundo, chegando a atender em 1 ano cerca de 50 pacientes internacionais de vários países


4. COMO É O MODELO NA PRÁTICA

Na prática o modelo preconiza a aplicação de alguns componentes para conseguirmos melhorar continuamente a entrega de valor.

Os principais pilares para a implementação de um modelo de saúde baseada em valor são:

-Organização de Unidades de Práticas integradas (uma organização do serviço para garantir entrega máxima de valor ao paciente),

-Mensuração de desfechos clínicos

-Mensuraçao acurada de custos

-Modelo de remuneração baseado em valor

Quem tiver interesse em conhecer mais sobre esses componentes pode ler aqui no blog o artigo sobre componentes da implementação. Agora vou falar do último tópico o mais importante: como o médico pode aplicar o modelo na pratica


5. COMO O MÉDICO PODE APLICAR O MODELO

O modelo é bem amplo, mas de uma forma bem resumida, na prática médica, o mais importante com relação a este modelo é você saber o resultado que mais importa para os pacientes com determinada patologia e começar a medir estes resultados. É importante que estes resultados sejam comparáveis com outras instituições para você saber como esta o seu resultado e procurar novas técnicas para melhorar continuamente.

Além de resultados clínicos, é importante que o médico saiba reduzir desperdício, ou seja, aquele custo que não melhora o resultado clinico do paciente.


É importante enfatizar que se médicos e diferentes serviços de saúde se estruturarem para melhorar resultados clínicos e reduzir desperdício, a tendencia é que no longo prazo , mais pessoas tenham acesso a serviços de melhor qualidade, como já acontece em outros setores da economia.


34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page