top of page
  • Foto do escritorBe Value

VBHC: Como evoluir na gestão e divulgação de desfechos clínicos

Alguns profissionais da área da saúde acham utópico pensar que instituições de saúde terão interesse em divulgar seus resultados amplamente, como preconizado pelo VBHC.


Aqui temos 5 pontos importantes para abordarmos:

Primeiro ponto: Gestão da Mudança

As grandes mudanças (principalmente as que envolvem uma nova forma de pensar) não acontecem de uma hora para a outra. Então, não adianta esperar que uma instituição sem cultura de mensuração de resultados, comece a divulgar resultados em alguns meses. Ela deverá passar por um processo estruturado para liderar o lado humano envolvido, conhecido como gestão da mudança

Segundo ponto: Maturidade com relação a gestão de resultados

As instituições de saúde estão em diferentes níveis de maturidade com relação à gestão de resultados. A maioria não mede resultados (aqueles que realmente importam para gerar valor), algumas medem e divulgam internamente, poucas compartilham com instituições próximas e raras divulgam para o paciente. Então, para algumas, pode parecer utopia divulgar resultados amplamente, para outras, uma realidade.

Terceiro ponto: Padrões de desfecho clínico

Do ponto de vista prático, este movimento cresceu depois que a ICHOM (consórcio internacional para mensuração de desfechos em saúde) começou a desenvolver e divulgar standard sets. Os standard sets são padrões de mensuração de desfechos com objetivo de tornar viável a comparação de resultados entre instituições de saúde.

Quarto ponto: Cases internacionais

Atualmente já existem várias instituições pelo mundo com cases de sucesso, que melhoraram resultados através da mensuração e divulgação de desfechos. Isto valida a teoria desenvolvida pelos professores da Harvard Business School, além de mostrar caminhos para instituições que querem seguir o modelo.

Quinto ponto: Comparação de desfechos clínicos

A ICHOM anunciou que em breve estará com plataforma única para divulgação e comparação de desfechos entre instituições do mundo todo, o que irá alavancar a busca por melhores resultados e inovações que gerem valor ao paciente. Veja no link: https://www.ichom.org/global-benchmarking-platform/



Com estes pontos, podemos ver que há uma tendência de crescimento do movimento de gestão de resultados, o que vai impulsionar a entrega de valor ao paciente.


Agora deixo a pergunta para reflexão: Qual o nível de maturidade da sua instituição com relação a gestão de resultados?



Para saber mais, siga a be value nas redes sociais https://www.linkedin.com/company/73428505/admin/




174 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page